Ruy Guerra
festivais e premiações


Os Cafagestes
Brasil - 1962

1962 - Prêmios Saci do Estado de São Paulo, Brasil

  • Saci Melhor Direção
  • Saci Melhor Argumento Original Ruy Guerra e Miguel Torres
  • Saci Melhor Fotografia Toni Rabattoni
  • Saci Melhor Música Luiz Bonfá
  • Saci Melhor Atriz Norma Bengell

1963 - Festival de Berlim, Alemanha

  • Participação oficial representando o Brasil

Os Fuzis
Brasil - 1964

1964 - Festival de Berlim, Alemanha

  • Urso de Prata - Prêmio Especial do Juri

Ruy Guerra premiado com o Urso de Prata, Berlim
Ruy Guerra sendo premiado com o Urso de Prata, Berlim

1964 - Festival de Cinema Brasileiro de Teresópolis

1964 - Festival de Pesaro, Itália

  • Melhor Fotografia, Ricardo Aronovich

1965 - Festival de Acapulco, México

  • Prêmio Cabeza de Palanque

Cahiers du Cinèma, França

  • Selecionado na lista de críticos europeus como um dos dez melhores filmes da história do cinema

Sweet Hunters
França, Brasil, Panamá - 1969

1969 - Festival de Veneza, Itália

(festival sem premiação competitiva)
  • Medalha de Ouro por Participação Especial

1970 - Festival de Cannes, França

(Quinzaine des Realizateurs)

1970 - Festival dos Festivais, Inglaterra

(não competitivo, Londres - Inglaterra)

Os Deuses e os Mortos
Brasil - 1970

1970 Festival de Brasília

  • Candango de Ouro, Melhor Filme, Melhor Ator Othon Bastos, Melhor Atriz Dina Sfat, Melhor Fotografia Dib Lutfi, Melhor Cenografia Marcos Weintock, Melhor Música Milton Nascimento

1970 - Prêmios do Estado do Rio de Janeiro

  • Coruja de Ouro, Melhor Atriz Ífala Nandi, Melhor Fotografia Dib Lutfi, Atriz Coadjuvante Mara Rubia, Ator Coadjuvante Nelson Xavier
  • Golfinho de Ouro pela "Melhor Criação do Ano"

1970 - Festival de Berlim, Alemanha

  • Competição oficial representando o Brasil

1970 - Festival de Cartago, Tunísia

1971 - Xéme Rencontre Internacionale du Cinema et de Jeunesse de Grenoble, França

  • Melhor Realização, Melhor Fotografia Dib Lutfi

1971 - XIII Semana Internacional de Cine In Color de Barcelona

  • Prêmio Dama dei Paraguas pelo Melhor Filme, Espanha

1971 - Participação na Semaine Positif, Paris, França

1971 - XIX Festival deI Cine, San Sebastian, Espanha

1971 - Festival de Cannes, França

(Quinzaine des Realizateurs)

1971 - Cahiers du Cinèma, França

  • Selecionado pela revista francesa Cahiers du Cinema como um dos sete melhores filmes do ano

1974 - Prêmio de Qualidade INC (Brasil)

A Queda
Brasil - 1977

1978 - Festival de Berlim, Alemanha

  • Urso de Prata - Prêmio Especial do Juri

1978 - CNNB Rio de Janeiro

  • Prêmio Margarida de Prata, Brasil

1978 - Festival de Brasília

  • Melhor Ator Nelson Xavier, Brasil

1979 - Federação Cineclubes do Rio de Janeiro, Brasil

  • Prêmio São Saruê

1980 - Festival Biarritz, França

1981 - Festival de Edinburgh, Inglaterra

1981 - Semana de Positif, Paris, França

Mueda - Memória e Massacre
Moçambique - 1979/80

1980 - Festival de Tashkent, Rússia (ex-URSS)

  • Prêmio União da Amizade dos Povos

1980 - Prêmio Filme e Cultura

1981 - Festival de Rotterdam, Holanda

1981 - Forum do Jovem Cinema, Festival de Berlim, Alemanha

1981 - Semana Cinema Terceiro Mundo, Lisboa, Portugal

1982 - Jornadas Cinematográficas de Amiens, França

1983 - Confrontation Perpignan, França

Erendira
Brasil, México, França, Alemanha - 1982

1984 - Festival de Chicago, USA

  • Prêmio Melhor Atriz Irene Papas

1985 - Cine Clube, São Paulo

  • Melhor Filme Brasileiro escolhido pelo público

1983 - Festival de Cannes, França

  • Competição Oficial representando o México

Ruy Guerra, Gabriel García Márquez, Festival de Cannes, Erendira
Ruy Guerra e Gabriel García Márquez

1983 - Festival Latino Americano (Hours-Concours), Cuba

1983 - Festival de New York, USA

1983 - Festival de Toronto, Canadá

1984 - Festival de Cartagena (Hours-Concours), Colombia

1984 - 8ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Brasil

Ópera do Malandro
Brasil, França - 1985

1986 - Prêmio do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

  • Golfinho de Ouro (Cinema)

Chico Buarque com Jack Lang, A Ópera do Malandro
O ministro da cultura francês Jack Lang, a primeira dama da frança Danielle Mitterand e Chico Buarque durante as filmagens

1986 - III Festival do Rio de Janeiro

  • Prêmio de Melhor Direção, Brasil

1986 - Festival Latino Americano Havana, Cuba

  • Prêmio Especial do Juri
  • Prêmio Melhor Trilha Sonora Chico Buarque
  • Prêmio Melhor Montagem Mair Tavares, lde Lacreta

1988 - Ouinzaine des Realisateurs, Cannes, França

  • Avant - Premiêre Square de Choisy, França

1988 - 24º New York Film Festival, USA

1987 - Miami Film Festival, USA

1987 - Festival Internacional de Cinema de Washington DC., USA

1987 - Semana da Associação de Técnicos de Cinema, Brasil

1987 - 2 Festival Internacional de Cine de Expressão Ibérica, Espanha

1987 - Mostra de Cinema Latino Americano, Peru

1987 - Festival de Cinema de Istambul, Turquia

1988 - Semana Cinema Latino Americano - Fundación del Nuevo Cine Latino Americano, Cuba

2005 - Festival das Águas, Hors-concours, Corumbá, Brasil

A Fábula da Bela Palomera
Brasil - 1987

1988 - 25º Festival Internacional de Television

  • Prague d'Or (Prêmio da Imprensa)

1988 - Festival de Munique, Alemanha

1988 - 21º Festival de Brasília (Hour-Concours), Brasil

1988 - XXXIII Semana Internacional de Valladolid, Espanha

1988 - Mostra de Cinema em São Paulo, Brasil

1989 - 13º Hong Kong International Film Festival

1990 - Festival Latino Americano, Providence, USA

Kuarup
Brasil - 1989

1988 - Prêmio Casa de Ias Americas, Cuba

1988 - Festival of Festivais, Toronto (Canadá)

1989 - Festival de Cannes, França

  • Competição oficial representando o Brasil

1989 - XV Festival de Cine Ibero Americano de Huelva, Espanha

  • Prêmio Radio Nacional de Espana, Espanha
  • Prêmio ASECAN (Associación dei Escritor Cinematografico de Andaluzia), Melhor Filme, Espanha

1989 - Festival Latino Americano de Havana

  • Prêmio FICC (Federação Internacional de Cine Clube), Cuba, Melhor Filme

1990 - Cinco Indicações no 10 Prêmio Bel Metal, Brasil

Estorvo
Brasil - 2000

2000 - Festival de Cannes, França

  • Competição oficial representando o Brasil

Ruy Guerra sendo entrevistado em Cannes
Ruy Guerra sendo entrevistado em Cannes

2000 - Festival de Gramado, Brasil

  • Melhor Fotografia Marcelo Durst
  • Melhor Trilha Sonora Egberto Gismonti

Ruy Guerra recebendo o Kikito em Gramado
Ruy Guerra sendo premiado com o Kikito

2000 - Festival de Huelva, Espanha

  • Melhor Diretor

2001 - Associação Paulista de Críticos de Arte, Brasil

  • Prêmio APCA de Melhor Diretor

2002 - Festival de Rabat, Marrocos

2002 - Festival de Nova Delhi, índia

2002 - V FICA-Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, Brasil

O Veneno da Madrugada
Brasil, Argentina, Portugal - 2004/2005

2005 - Festival de Brasília, Brasil

  • Prêmio de Melhor Fotrografia, Walter Carvalho
  • Melhor Direção de Arte, Marcos Flaksman

2005 - Festival de Havana, Cuba

  • Prêmio de Melhor Fotrografia, Walter Carvalho

2005 - Festival de San Sebastian, Espanha

  • Competição oficial representando o Brasil

2005 - Festival de Biarritz, França

  • Competição oficial representando o Brasil

2006 - Festival Iberoamericano de Cine de Santa Cruz de la Sierra, Bolívia

  • Melhor filme

2008 - 1st Cine Fest Brasil/Madrid, Espanha

Quase Memória
Brasil, 2015

2015 - Festival do Rio de Janeiro

  • Prêmio Especial do Jury

2016 - 19º Festival internacional de Cinema de Punta del Este

  • Premio de melhor direção

2016 - Festival Internacional de Cinema de Moscow

  • Menção Honrosa

Prêmios e Homenagens

1987 - Grau de Comendador da Ordem do Mérito

  • Outorgada pelo Presidente Mário Soares (Portugal)

1987 - Governo do Estado do Rio de Janeiro

  • Golfinho de Ouro do Cinema

1993 - Festival de Trieste (Itália)

  • Prêmio pela obra

2000 - Festival Iberoamericano de Cine de Santa Cruz (Bolívia)

  • Prêmio Tatú Tumpa por “Excelencia y aporte al Cine Iberoamericano”

2002 - Festival de Cinema, Vídeo e Cine de Curitiba

  • Prêmio “Ruy Guerra”

2003 - 8º Festival de Cinema Universitário (UFF/CCBB)

  • Homenagem ao Professor Ruy Guerra

2003 - Jornal O Estado de S. Paulo e Serasa S/A

  • Prêmio Multicultural - Cinema

2004 - Festival Internacional de Cine de San Sebastian

  • Presidente do Juri “Horizontes”

2008 - Ordem ao Mérito Cultural (Brasil)

  • Grau de Comendador

2009 - Homenagem da ABDeC (Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragistas Rio de Janeiro

2010 - Premio Kikito de Cristal – Festival de Gramado

  • Homenagem pelo conjunto da obra

2011 - Mostra Comemorativa dos 80 anos de Ruy Guerra na Cinemateca de São Paulo

  • Exibição de seu filmes entre os dias 18 a 25 de agosto

2012 - Homenagem Especial 6º Festival Dockanemo Maputo, Moçambique (setembro)

Retrospectivas

1981 - Festival de Cinema de Biarritz, França

  • Retrospectiva Ruy Guerra

1998 - Cinemateca de Lisboa

  • Retrospectiva de toda a obra

1998 - Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) Rio de Janeiro

  • Retrospectiva de toda a obra

2005 - Cineclube SESC-SP

  • Mostra “O cinema de Ruy Guerra”

2006 - Centro Cultural Banco do Brasil CCBB São Paulo

  • Retrospectiva de toda a obra - Ruy Guerra, Filmar e Viver

Participação como Jurado

1980 - Jornadas da Bahia, Brasil

1980 - Festival de Cinema de Gramado, Brasil

1980 - Festival de Cinema em Cartagena, Colombia

1981 - 1º Concurso de Fotografia, Moçambique

1981 - 2º Concurso de Fotografia, Moçambique

1981 - Festival de Arte e Areia, Paraíba, Brasil

1981 - Festival de Cinema de Biarritz, França

1982 - Festival de Cinema de Biarritz, França

1982 - 1º Seminário de Audio Visual, Moçambique

1994 - Laboratório de Guiones, Sundance, México

  • Assessor

1996 Workshop de roteiros Sundance, Búzios

  • Assessor

2003 - Festival de Curta Metragem da Universidade Gama Filho

  • Presidente

2004 - Festival do Rio de Janeiro

  • Presidente do Juri

2006 – Festival de Gramado

  • Presidente do Juri Latino americano

2010 - Festival de Mar Del Plata, Argentina

Participação como Palestrante

1976 - Universidad Autónoma do México, México

1978 - 1ª Feira de Livro Progressista, República Popular de Angola

1982 - 1ª Assembléia Mundial de Realizadores (Funchal)

1985 - Jornadas Democráticas do Presidente Raoul Alfonsín, Buenos Aires